Pesquise no Blog

Supremos

[Uma voz] - Vossa excelência!

- Respeito!

[Supremo I] -Sou eu quem decide,

Muda

Revoca

Abdica

Publica.

-Respeite-me!

[Coro] - Sim ser Supremo!

 

[Supremo II] -Reponha-se a sua insignificância

Tenha modos nessa corte

E não corte minhas palavras.

[Coro] – Sim ser supremo!

 

[Supremo I] – Mudem por mim!

Façam por mim

Eu posso, aconteço, mereço!

[Supremo II] – Envergonhe-se!

Suas palavras maculam essa casa

E mancham nossa reputação

Com uma puta reação na TV.

[Supremo I] – Respeite-me, exijo respeito!

[Supremo II] – Me retiro!

[Supremo I] – Fico!

-Fiquem!

Todos na minha sala!

…Votem comigo!

[Cabeças abaixadas;

Unanimidade…]

[Coro] – Burra unanimidade!

[Supremos]- Burro Coro

-Coro de burros

[Coro] - Somos o povo.

[Supremos] – Nosso voto tem poder!

Ponham-se a correr!

Se não gostam,

Desliguem a TV.

2 comentários:

Reflexo d'Alma disse...

Ah Xico!
Veja o que fez?
Puxou meus pensamentos remotos de quando estudava teatro!!!!Depois de quemdo ensinava teatro e junto de quando dirigia elencos ...Nossa!
Adorei imaginar isso em um exercício teatral,um coro grego se deslocando palco acima,palco abaixo em diagonais magnificas...
explorando todos os planos alt,medio,baixo...
Del´cia de lembrnaças e de possiblidades,
a qualquer hr vamos falar de teatro?de aulas?adorava dar aulas de uso e exploração do palco,luz,boca de cena,area quente...ai Deus..
Bjins entre sonhos delírios e intensas recordações...

vh disse...

maravilhosooooo!!!!!!
mais maravilhoso ainda foi ver catiinha se deliciando com teatro!!! amo muito tudo isso!!!