Pesquise no Blog

Baleia no Rio Tapajós em Santarém!

Essa notícia abaixo é realmente atípica. Nasci e me criei em Santarém. Sei da beleza e grandeza desse rio azul. Onde as praias tem aspectos caribenho e uma beleza única, que nem no Caribe pode ser vista. Quando menino, costumava ir da praia do Maracanã até a praia de alter-do-chão, caminhando pela areia da margem do rio. Víamos tanta beleza que nem nos dávamos conta de sua magnitude. Pena que naquele tempo (1983-1987), não tínhamos máquinas digitais pra registrar tudo e postar num blog ou fotolog, que também não existiam naquela época. Mas ainda guardo cada detalhe em minha mente.

"Ribeirinhos de uma comunidade extrativista de Belterra, no Pará, encontraram na terça-feira (13) uma baleia viva encalhada em um banco de areia no rio Tapajós, região central da Amazônia. O animal está a cerca de mil quilômetros de distância do oceano Atlântico.
A suspeita é a de que a baleia tenha se perdido de sua rota e entrado no estuário do rio Amazonas pela ilha de Marajó.
O rio Tapajós é um afluente do rio Amazonas.

O achado foi comunicado via rádio para o Ibama (Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis) de Santarém (PA), que solicitou apoio ao IBJ (Instituto Baleia Jubarte). Com sede em Caravelas (BA), desde 1994 o instituto tem experiência em desencalhes de cetáceos.
"Uma baleia na Amazônia é muito atípico", disse Kátia Groch, médica-veterinária do IBJ. "Ela pode ter se desorientado de sua rota, talvez devido a uma doença. Só teremos certeza examinando-a."

O biólogo Daniel Cohenca, gerente-executivo do Ibama de Santarém, disse que a baleia é provavelmente da espécie minke (Balaenoptera acutorostrata) e tem cerca de cinco metros de comprimento. Está encalhada perto da comunidade de Piquiatuba, que fica dentro da Floresta Nacional do Tapajós."

3 comentários:

cudi disse...

cara eu li isso.
e ai como ficou? conseguiram tirar?

[]'s
cudi.

Xico disse...

Cudi, eu fiz uma pesquisa hj para tentar responder sua pegunta, olha ai o q achei:
http://oglobo.globo.com/pais/mat/2007/11/17/327207837.asp

Ontem um cabra aqui perto da minha casa, fez o sequinte comentário:
"Seu Chico, o sinhor viu. É o fim do mundo, apareceu uma baleia lá no rio de onde o sinhor morava."

lógico que eu ri bastante rsss.

Janeide disse...

Boa noite / Bom dia!

O Sr. não me conhece, mas o Sr. Francisco Teixeira, seu irmão, me indicou seu blog, até vimos juntos a história de sua cadelinha a Meggy, e de fato ficamos pensando, mas será isso mesmo verdade? Gostei de visitar seu blog, relembrei a piada da criação dos animais e adorei rir um pouco, e melhor ainda foi saber que a partida da Meggy não foi daquele jeito triste. No mais, parabéns por seu trabalho. Ah! Que falta de educação, sou Janeide, faço parte do Centro de Estudos Biblícos - CEBI/AM e colega de luta de seu irmão na Rede de Educação Cidadã-RECID/AM, buscando aprender um pouco sobre o que é ser uma educadora popular e cada vez mais percebo como estou longe. Até o próximo comentário. Abraços fraternos Janeide Lavor.