Pesquise no Blog

Recados do Orkut!

ELA:ALÔ
ELE:OLA!
ELA:quem é?
ELE:sou eu...
ELA:o q vc quer?
ELE:dizer q te amo..
ELA:d novo?eu já ouvi isso muitas vezes,vc ñ cansa?
ELE:quem ama ñ cansa!
ELA:vc deve está louco!
ELE:estou louco mesmo.. pois acreditei em vc.
ELA:vc sabia q era só amizade,ñ é?
ELE:q dizer q eu ñ significava nada p vc?
ELA:NÃO...vou desligar.
ELE:ñ por favor!
ELA:por quê?
ELE:por que,eu te amo!
ELA:escute aki,eu já estou farto de vc,agora v se me esqcer.
ELE:eu prefiro morrer,ate esqcer.
ELA:Então se mata!

ALGUNS DIAS DEPOIS:

-COITADO! ELE TINHA ALGUM PROBLEMA?
-SIM,SOFRIA DE AMOR!

ENTÃO NO DIA DO ENTERRO DO MENINO AGAROTA A QUAL ELE AMAVA, MUITO RESSENTIDA, COMPARECIA NO CEMITÁRIO, PRESTANDO SUA ÚLTIMA HOMENAGEM, JOGOU UMA ROSA VERMELHA E FALOU: EU TE AMO!
ELE de cima, olhando tudo disse:

-É tarde demais!

2 comentários:

Eduardo - www.dumc.zip.net disse...

Nossa, que trágico !!! Muito bom ! adoro coisas assim... me lembra um pouco de Nelson Rodrigues.

Xico disse...

To lendo o "Berro impresso das manchetes" do Nelson. Outro que gosto muito e Stanislaw Ponte Preta. Algumas crônicas minhas fiz inspirado nele.